Ansiedade – o que fazer?

Ansiedade - o que fazer?
Crédito: Help Guid

Vivemos tempos corridos dominados pela ansiedade.

Somos informados a todo momento de notícias boas ou ruins e a alma absorve as informações coletadas armazenando-as no banco de memória e em determinado momento pode gerar uma sobre carga que precisa descarregar.

As notícias chegam a todo momento e com muita rapidez, seja pela internet, pelos canais de informação, ou através de pessoas conhecidas ou não, que trazem alguma informação que elas receberam de alguém e passam a frente, e essas notícias vão se acumulando a todo momento em nossa mente e coração. Uma das consequências dessas “avalanches” de notícias é a ansiedade.

As pessoas estão num ritmo acelerado, e isso tem gerado nelas uma dependência cada vez mais de estarem conectadas para suprir o desejo de estarem antenadas no que está acontecendo no mundo e ao seu redor.

Hoje, quando alguém deseja algo é gerado um sentimento para que se cumpra o com rapidez, mas não é assim que as coisas acontecem e a mente vive um estresse de pensar e pensar naquilo que foi desejado.

O que fazer para dominar a ansiedade? Não existe uma receita que trará um resultado satisfatório para todos, mas é muito importante ter a consciência de que a ansiedade está presente no dia a dia de muitas pessoas e cabe a nós dominá-la e não sermos dominados por ela. Desviar o foco para outras situações que dão prazer e não agitação da alma é um passo a ser dado.

Bons costumes ajudam muito a manter a ansiedade sob controle.

Conversar pessoalmente com as pessoas da família parece estranho isso, já que deveria ser uma pratica corriqueira, mas muitos vivem um isolamento dentro de casa desfazendo o laço da comunhão familiar. Ter bons momentos de interação familiar nas refeições, ou reunidos para verem um bom filme em família, numa roda de amigos onde os assuntos são os mais variados possíveis isso traz descontração e bem estar para a alma e bons hábitos são gerados ou resgatados.

Sorrir mais. Abraçar mais. Dizer eu te amo para aquelas pessoas que são importantes para nossa vida. Estar com gente que nos faz bem e que fazemos bem para elas, isso gera uma sintonia muito salutar. Novos bons costumes são gerados ou os velhos e bons costumes são trazidos de volta.

Mudar o foco é bom para que a mente se desprenda de ficar pensando, desejando, vivendo aquilo que não se pode ter ou fazer imediatamente, porque não é bom que as coisas aconteças fora do tempo. Um ser para ser gerado e concebido tem um tempo determinado. As frutas são geradas nas estações determinadas para que venham a cumprir o seu propósito e assim é a vida, tudo no seu tempo devido para que tudo vá bem.

Digamos não a ansiedade e tenhamos o controle da situação.

Deus está sempre presente para nos ouvir e ajudar.

Jesus disse que não andássemos ansiosos por coisa alguma porque o Pai tem cuidado de nós.

Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?
Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.
E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos.
Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas.
Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Lucas 12:26-31

Fonte: PARA ABENÇOAR

 101 visualizações,  2 hoje

Share